Fundo do Idoso de Fortaleza viabiliza melhorias no Lar Torres de Melo


Em 3 anos já foram mobilizados R$ 9 milhões, que são investidos em necessidades básicas dos idosos e na infraestrutura do Lar

 

Mais de 220 idosos em situação de vulnerabilidade residem atualmente no Lar Torres de Melo, a maior Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) do Norte/Nordeste. Há 113 anos, a entidade acolhe e oferece assistência integral a pessoas idosas, incluindo moradia, alimentação e atenção à saúde.

Os idosos amparados pelo Lar Torres de Melo têm diferentes graus de dependência, mas todos eles precisam de cuidados específicos e contínuos. Para além dos serviços clínicos de fisioterapia, nutrição, terapia ocupacional, atendimento médico e farmacológico, os idosos recebem do Serviço Social atenção para o acolhimento. Festas temáticas e passeios externos são organizados pela instituição, fazendo com que os residentes se sintam ativos e integrados à comunidade que os cerca.

A ampla assistência e a manutenção da qualidade dos serviços do acolhimento de longa permanência são possíveis, na grande maioria, com a utilização dos recursos captados via Fundo do Idoso. Após a regulamentação do Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa do Município de Fortaleza (FMDPI), o Lar Torres de Melo e a Nexo iniciaram uma parceria que tem contribuído significativamente para a sustentabilidade da organização.

Antes da parceria e da existência do Fundo, o Lar era mantido por outras fontes, como convênios com Prefeitura Municipal de Fortaleza, do Governo do Estado do Ceará e Governo Federal. Estes, porém, eram insuficientes para manter as atividades e, muitas vezes, eram repassados com atraso. Vários investimentos necessários para a qualidade de vida dos idosos não eram realizadas por falta de recursos.

Desde 2015, o Lar Torres de Melo, com assessoria contínua da Nexo, captou R$ 9 milhões, que têm fortalecido o pleno funcionamento do espaço e a viabilização de algumas tão desejadas melhorias. Essa parceria contribuiu para que os idosos tivessem, cada vez mais, uma vida digna, confortável, segura e tranquila.

 

O que mudou?

 

Os recursos mobilizados são investidos nas necessidades cotidianas, na gestão e na infraestrutura do Lar. A seguir, apresentamos algumas conquistas viabilizadas com recursos do Fundo do Idoso de Fortaleza:

  • A implantação do Sistema de Prevenção e combate a Incêndios que garante maior segurança;
  • A construção da Piscina que oferece mais uma possibilidade de vida saudável, onde as pessoas idosas  podem se exercitar e interagir;.
  • A implantação do Sistema de captação de energia solar que favoreceu a redução de custos, pois antes a instituição tinha despesa de cerca de R$ 12mil apenas com energia elétrica.
  • A contratação de assessorias importantes, com destaque para as Assessorias de Contábil, de Comunicação e Jurídica que, além de fortalecer a credibilidade conquistada ao longo dos seus 113 anos, garantem visibilidade e transparência às ações.

Não só contribuindo para o aperfeiçoamento da infraestrutura, a captação dos recursos incentivados contribuiu para viabilizar uma fonte adicional de receita para a entidade manter as suas atividades com mais qualidade e menos dependência das verbas orçamentárias governamentais.

 

ILPIs são alternativas para idosos que precisam de acolhimento

 

Como uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), o Lar Torres de Melo tem grande impacto social no cenário atual. Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Ativada (IPEA), a população idosa está aumentando e os cuidadores naturais estão diminuindo devido aos novos arranjos familiares.

A legislação brasileira estabelece que a família é a principal responsável pelo idoso, mas ILPIs são alternativas de cuidado viável, possibilitando um envelhecimento ativo e mantendo, sempre que possível, os vínculos familiares e comunitários. Dos residentes do Lar Torres de Melo, 92 chegaram na instituição pela falta de assistência familiar e 57 por não possuírem parentes diretos ou estarem em situação de abandono; 71 procuraram o Lar por iniciativa própria.

Muitas famílias, ainda, se veem impossibilitadas de cuidar de seus familiares idosos, justamente pelo alto custo que envolve a garantia de uma velhice digna e confortável. No caso do Lar Torres de Melo, 54% das pessoas necessitam de assistência total em, pelo menos, 3 atividades da vida diária.

 

Lar Torres de Melo em números

 

Com os recursos mobilizados via Fundo do Idoso, a instituição oferece aos idosos anualmente:

  • Mais de 420 mil refeições
  • 179 mil exames diários básicos (pressão, medição ocular, sublingual, etc.)
  • 580 atividades de lazer e recreativas
  • 6.900 consultas médicas especializadas
  • Cerca de 1.600 atendimentos em assistência social
  • Mais de 11 mil atendimentos de fisioterapia
  • 4 mil avaliações nutricionais
  • 13 mil higienizações para idosos acamados
  • 6 passeios bimestrais e 12 eventos temáticos
  • 1.200 horas de oficinas de Teatro, Dança e Música, promovendo a integração dos residentes com a comunidade local